sábado, 28 de outubro de 2017

As pessoas deveriam prestar mais atenção, não apenas criticar sem ao menos entender

Hoje fico olhando os comentários que as pessoas postam, os repasses de mensagens e de vídeos.
As pessoas criticam, apoiam e nem leem ou entendem o que está acontecendo.
E cada vez mais isto está sendo comum.
Não existe mais um senso crítico, existe apenas a réplica, sem leitura, sem entendimento, sem compreensão.
Isso é o que??? Modismo??? Comodidade??? Querer estar no meio das redes sociais e não ficar para trás sem postar nada???
A mídia em si já está super carregada, são milhares de notícias que trafegam diariamente e a grande maioria sem filtro. Se continuarmos assim, a repassar notícias sem saber sua veracidade, sem saber se devemos concordar ou não, traz o caos que está já ocorrendo hoje.
Criticar mudanças sem ao menos saber se realmente é necessário é o que mais vejo hoje em dia.
Mas é como os especialistas dizem, as pessoas se acomodam e não gostam de mudar, mesmo que a mudança seja para melhorar.
É claro que tem muita coisa errada está acontecendo, que existem mudanças insanas, para esses casos sim, é preciso manifestar.
O Brasil está passando por uma crise econômica sem fim, as coisas não melhoram, a cada dia um novo escândalo que atrapalha mais ainda a economia. Quanto mais tempo demora para resolver, para punir, mais tempo a economia fica nesse caos.
O erro está no governo e na população, todos erram, a corrupção não está presente apenas nas empresas e no governo, existem pessoas físicas corruptas também. E isso que é preciso melhorar.
Veja o ocorrido de hoje pela manhã, alguns policiais pararam um carro na blitz, um carro todo irregular, motorista sem carteira, ninguém usava cinto de segurança, carga em cima das pessoas, ou seja, um carro que deveria ser multado, mas para não levar a multa, para não deixar o carro ser rebocado, o motorista paga R$ 150,00 aos policiais. Ou seja, a pessoa é errada, mas para ter um final de semana tranquilo e proceder em seu trajeto, prefere subornar um policial.
A pessoa é errada ao subornar, o policial é errado ao aceitar e não prender a pessoa por suborna a autoridade.
Mas isso é o mais comum, por isso que existe tantos problemas, por isso que temos medo de quem deveria nos proteger, se não existisse o suborno, seja de um policial, de um fiscal ou de qualquer outra pessoa, com certeza as coisas seriam melhores.
Essas notícias sim deveriam veicular, para que as pessoas se conscientizassem dos erros e o país poderia melhorar.
Não adianta querer cobrar do outro para ser correto, em primeiro lugar temos que olhar para dentro de nós e ver se estamos agindo de alguma forma errada.
Ao veicular uma notícia, um vídeo, ao comentar, devemos sempre analisar, para não cometer o mesmo erro de outras pessoas.
Com certeza, se cada um fazer a sua parte, se cada um saber agir de forma correta, se cada um souber ler e entender antes de repassar, o país seria muito melhor.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Ser demitido é pior do que se divorciar, mostra pesquisa

Eu nunca fui demitida, mas parei para pensar e realmente deve ser mesmo.
Um relacionamento você coloca na balança e consegue entender os problemas que vinha convivendo.
Mas uma demissão, nem sempre entendemos o motivo que fomos demitidos, a empresa até poderá dar uma explicação, mas será que seria a verdade, se for por redução de custo e de repente alguém é promovido ou uma nova pessoa contratada, daí você já pensa, será que eu era o problema? Será que não estava realizando o esperado pela empresa? Mas porquê não conversaram comigo? Qual era a minha falha? São muitas e muitas perguntas que ficarão pendentes, que nunca saberemos, talvez por isso do resultado desta pesquisa.
Mas abaixo segue a reportagem publicada na revista exame. Boa leitura.

“Simplesmente não está funcionando” talvez seja uma das frases mais dolorosas de escutar - e é ainda pior quando vem do seu chefe.

Londres – “Simplesmente não está funcionando” talvez seja uma das frases mais dolorosas de escutar, porque leva a meses de angústia, auto questionamento e noites em claro. Mas é ainda pior quando essa frase vem do seu chefe.
Funcionários demitidos nunca conseguem recuperar completamente o nível de bem-estar, um indicador que inclui saúde mental, autoestima e satisfação com a vida, de acordo com dados fornecidos à Bloomberg nesta semana de uma análise de mais de 4.000 relatórios de pesquisa.
Perder um emprego pode ser um golpe duro, capaz de causar uma queda maior na satisfação com a vida do que enviuvar ou se divorciar, de acordo com a análise, realizada pela Universidade de East Anglia e do What Works Center for Wellbeing, um órgão independente montado pelo governo do Reino Unido.
Pessoas desempregadas vão ficando cada mais infelizes à medida que passam os anos. Sua maior esperança é encontrar um novo trabalho permanente — de preferência, com salário alto e muito prestígio — que consiga aliviar parte do choque.
Pessoas que perdem um parceiro, por outro lado, podem se recuperar.
“Depois que alguém perde um parceiro, [o bem-estar] cai profundamente e depois, em geral, volta aos níveis anteriores”, disse Tricia Curmi, do What Works Center for Wellbeing. “No entanto, não observamos isso em relação ao desemprego.”
O bem-estar dos homens britânicos volta aos níveis normais dois anos após a perda de um cônjuge e quatro anos após o fim de um relacionamento.
Mas e com a perda do emprego? Esse bem-estar continua declinando durante mais de quatro anos. Os homens têm maior probabilidade de sofrer mais com esse abalo do que as mulheres.
As pessoas podem superar lutos e divórcios. A empolgação de conhecer uma pessoa nova após uma separação pode fazer o coração disparar, mas as pessoas continuam sofrendo com o desemprego, de acordo com uma meta-análise de pesquisas realizada em 2011 por acadêmicos da Universidade Livre de Berlim.
Não há provas suficientes para afirmar irrefutavelmente por que ser despedido é tão devastador, mas pesquisadores vinculam isso à importância que damos a ter um emprego significativo.
“Nesta sociedade, ter um objetivo na vida significa estar trabalhando, contribuindo e ter esse status”, disse Curmi.
Apesar de resmungarem, as pessoas realmente dão importância para o trabalho que têm e ao apoio social que recebem dos colegas de trabalho.
Quase metade dos trabalhadores do Reino Unido está satisfeita com seu emprego e apenas 25 por cento estão insatisfeitos, de acordo com um relatório publicado no mês passado pelo Chartered Institute of Personnel and Development, uma associação de recursos humanos.
O impacto de ser demitido é particularmente acentuado entre trabalhadores mais jovens, mostra a pesquisa.
Ajuda da família e dos amigos pode aliviar os impactos piores. Pessoas extrovertidas se recuperam mais rapidamente, e até completamente, segundo a pesquisa.
A inspiração divina pode ajudar a aliviar a dor, disse Curmi. “Pessoas que frequentam igrejas regularmente sentiram um efeito de proteção em relação ao impacto do desemprego”, disse ela.
Fonte: exame.com

 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O caos político em um país chamado Brasil

Desde quando eu comecei a conhecer a política, sei que existe corrupção, pois sempre ouvia, todo político é ladrão.
Daí era de uma forma generalizada, que nem sempre é a verdade, mas sempre tinha a percepção de que a corrupção existia.
Mas até então, apenas ficava no fala, fala, não era descarada a roubalheira, existia, mas a gente não via aonde acontecia.
Agora começaram a contar, quem rouba, como rouba, aonde rouba, quem prejudica, quem se beneficia.
É tanta gente roubando, são tantos bilhões de reais, que é de ficar indignada mesmo.
Como que a ganância chega a este ponto.
Os políticos em si, já ganham tanto por pouco trabalho, possuem tantos benefícios, regalias, mesmo assim roubam.
E não é pouco, roubam para todos os lados.
Milionários roubam, políticos que já são ricos de berço roubam, gente, aonde vamos parar.
Não sou de direita e nem de esquerda, sou da política correta, daquele que realmente quer governar um país, daquele funcionário público que quer trabalhar e não se encostar, não importa o partido.
Pelo que vemos hoje, não existe mais um partido correto, todos roubam, todos estão enganando a população brasileira e se enriquecendo.
Sinceramente, não quero mais estes políticos no governo, seja ele de qual partido for, quero um político correto, que queira fazer o Brasil desenvolver e não decair.
É revoltante ver tudo que está acontecendo em nosso país, um país com tantas riquezas, que produz de tudo, que tem uma ótima mão de obra, pessoas qualificadíssimas.
Eu não vejo que seja a hora de defender um partido.
Como tudo isto que está acontecendo, está na hora de toda a população se reunir e lutar apenas por um objetivo, chega de corruptos, chega de ladrões, pessoas que não querem pensar no país e sim apenas no ganho próprio.
Está na hora de ser uma população de um país que pense todos da mesma forma, que pense no futuro, que queira ver o Brasil crescer.
O Brasil é lindo, um país com muitas riquezas e para melhorar, só depende de nós.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Para pensar

“Nesta vida temos três professores importantes: o Momento Feliz, o Momento Triste e o Momento Difícil. O Momento Feliz mostra o que não precisamos mudar.
O Momento Triste mostra o que precisamos mudar.
O Momento Difícil mostra que somos capazes de superar.”
 
Roberto Shinyashiki

sábado, 4 de fevereiro de 2017

A informação para um desinformado

De que adianta querer falar sobre um assunto que leu se nem sabe o que realmente quer dizer, o motivo do assunto.
Querer parecer informado se nem possui um know how, nem sabe do assunto e também não busca informação antes de qualquer discussão.
Leu uma nota, ou uma matéria e não entender, é a mesma coisa que não ler.
Com pessoas assim, o que faremos, apenas deixamos de lado, ouvimos, mas não adianta prolongar o assunto, pois é a mesma coisa que discutir com uma parede, sem ter um retorno, sem ter uma conversa produtiva ou agradável.
Mas existem todos os tipos de pessoa e temos que saber e aprender a conviver com todas.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

38 empresas estão em busca de estagiários e trainees.

Hoje é último dia para se inscrever no programa de trainee da Volkswagen, do Banco Alfa e para estágio na Heineken

Chega de hipocrisia

Nós apenas criticamos o governo por toda a crise que o país vem passando.
É claro que eles roubam, existe muita corrupção, mas vamos deixar a hipocrisia de lado e analisar o que estamos fazendo para melhorar.
Quantas coisas vemos errado, fazemos errado e achamos "o mundo é dos espertos".
Se um quer passar a perna no outro, isso também não seria querer que o país afunde?
Cada vez mais os impostos estão com altas alíquotas, as tarifas aumentam, a corrupção está presente de forma explícita, tudo isto nós culpamos o governo.
Mas e quando você passa um semáforo vermelho, quando você paga um policial para não levar multa, quando deixa de trabalhar mesmo recebendo o salário integral, quando fura uma fila, quando compra um produto falsificado ou até mesmo roubado, entre muitos outros exemplos de erros que cometemos e que não nos torna uma pessoa honesta.
Sei que não é fácil, mas não basta culparmos apenas os outros, também temos que buscar o correto para que as coisas se tornem certas.